Cursei, no primeiro semestre desse ano, uma disciplina sobre a obra do jovem Sartre (os seus principais textos anteriores à sua obra mais famosa, O Ser e o Nada). O foco principal do curso era compreender como o filósofo francês construiu suas primeiras reflexões amparadas numa leitura crítica da fenomenologia de Husserl. Como conclusão do curso, era necessário escrever uma pequena dissertação sobre algum aspecto trabalho nas aulas. Disponibilizo abaixo a minha dissertação, na qual tratei do problema das emoções nas primeiras obras de Sartre (mais precisamente, no seu texto inaugural, Uma idéia fundamental da fenomenologia de Husserl: a intencionalidade; A transcendência do ego e no Esboço para uma teoria das emoções. Deixei o arquivo no Scribd, mas sei que ela não é mais a melhor plataforma para compartilhar textos, já que está cheio de regras limitando o acesso e a circulação, mas ainda não conheço outra melhor. Caso alguém queira baixar o texto e não consiga fazê-lo pelo Scribd, basta entrar em contato que envio por e-mail.

Dissertacao – A Teoria Das Emocoes Do Jovem Sartre Entre a Fenomenologia e a Psicologia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

*

*

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.