Durante um ano, realizei um curso de especialização em educação para surdos. Como já escrevi antes, trabalho com alunos surdos numa escola de inclusão da rede públical municipal de São Paulo. O envolvimento que tive com esses alunos me motivou a procurar o curso e despertou o interesse no estudo do tema da educação dos surdos. Como conclusão desse curso, elaborei uma pequena pesquisa, na forma de breve monografia, sobre uma figura canônica na história da educação dos surdos, o abade de L’Épée. Este é visto como o indivíduo que idealizou o primeiro projeto de escolarização dos surdos a partir do desenvolvimento de um método pedagógico baseado na comunicação por meio de sinais, durante a segunda metade do século XVIII. Durante a pesquisa, fui refletindo sobre a forma como este método, nomeado de sinais metódicos, funcionava principalmente como um instrumento para a oralização e a disciplinarização dos sujeitos surdos. Por conseguinte, como uma técnica de governamento. Isso significa, evidentemente, que essa pesquisa foi fortemente influenciada pela obra do filósofo francês Michel Foucault, na qual busquei os instrumentos metodológicos para pensar o tema do governamento e da disciplinarização. O trabalho é bastante monográfico, me limitei quase exclusivamente à analise dos textos do abade, basicamente suas três principais obras ( “Exercice de sourds et muets, qui se fera le mercredi 4 août1773”; “Institution des sourds et muets par la voie des signes méthodiques. Ouvrage qui contient le projet d’une langue universelle par l’entremise des signes naturels assujettis à une méthode”; “La veritable manière d’instruire les sourds et muets, confirmée par une longue expérience”), por isso deve ser visto muito mais como um esboço inicial de reflexão sobre o tema (o governamento e a educação dos surdos) do que como uma reflexão consolidada e aprofundada. Durante a pesquisa, encontrei muito material e penso em continuar a leitura e a reflexão sobre o tema e, quem sabe, contribuir com isso para problematizar certas ideias comuns a respeito da educação dos surdos e de sua história. Disponibilizo abaixo o meu trabalho para todos os interessados.

ABADE DE L’ÉPÉE: escolarização, linguagem e governo dos surdos

Nova atualização, em 04/12: Saiu a lista de editoras da Feira. Também confirmaram o local exato do evento lá na Poli. Será no prédio da Mecânica e da Civil. Para verificar a lista completa de editoras, basta acessar o link: http://www.edusp.com.br/festadolivro/EditorasFestadoLivro2011.html

Atualizado em 23/11: A novela da Festa continua crescendo. Agora foi divulgado uma nova data e um novo local. A feira acontecerá na Poli e será realizada nos dias 14, 15 e 16 de dezembro. Tomara que não aconteça mais nenhuma mudança.

Atualizado em 17/11: Saiu a lista das editoras e a feira está oficialmente confirmada. Para olhar a lista completa, basta visitar o site da EDUSP: http://www.edusp.com.br/EditorasFestadoLivro2011.htm

Atualizado em 18/11: Infelizmente, a Edusp acabou de divulgar um comunicado informando que a Feira será adiada. As razões ainda não estão claras, mas o comunicado oficial está no site da editora (http://www.edusp.com.br/eventos.asp). E também não existe nenhuma previsão para a nova data. O jeito é ficar no aguardo.

Como nosso mercado editorial é absurdamente caro, a Festa do Livro da FFLCH (a conhecida Feira do Livro que acontece no prédio da História da USP) é um momento aguardado sempre com ansiedade por todos os amantes dos livros. Já é um evento bastante conhecido, mas não custa lembrar que todos os títulos são oferecidos com pelo menos 50% de desconto. Com isso, aqueles clássicos da filosofia, publicados pela Martins Fontes, ou aqueles livros lidos da Cosac & Naify, por exemplo, deixam de custar um absurdo de caro e se tornam apenas caros. Mas há também boas oportunidades para comprar muitas coisas legais por preços bem acessíveis. As editoras participantes são bem variadas e oferecem livros acadêmicos, literatura, quadrinho, obras técnicas, infantis e um pouco de tudo. O evento acontece tradicionalmente em novembro e consegui hoje as primeiras informações sobre a possível (quase certa) data da feira: os dias 23, 24 e 25 de novembro. Ainda falta confirmar as editoras participantes, mas nos últimos anos não houve nenhuma grande inovação ou desistência, por isso o mais provável é que apareçam as mesmas editoras de sempre. Logo que conseguir mais informações, disponibilizo aqui no blog.

PS: eu não tenho nenhum envolvimento com o evento, sou apenas um comprador ávido de livros e que frequento desde 2001 a feira. Como sempre ficava ansioso por descobrir as datas e as informações da feira, resolvi começar a divulgá-las aqui no blog. Deixo isso registrado já que vira e mexe alguém entra em contato comigo para participar da feira. Infelizmente, não tenho participação e nem conheço nenhum dos organizadores.

Ensaios Ababelados: agora em novo endereço

1

Caros leitores,

Depois de pouco mais de três anos, este blog está de mudança. A plataforma Blogger é muito prática e fornece ótimos instrumentos para criação e manutenção de um blog, porém tem também suas limitações e alguns problemas ocasionais. Por isso, já faz um bom tempo que penso em substituir estas ferramentas pelo WordPress. Só que sabia o trabalho que essa mudança daria. Foram os problemas do final do ano passado, quando meu blog simplesmente sumiu por dois dias e meio, que serviram como estímulo final para encarar o trabalho e fazer as mudanças. Agora a primeira versão do novo blog está pronta. Registrei um novo domínio e armazenei todos os arquivos num servidor próprio. O novo endereço é www.ensaiosababelados.com.br. O conteúdo do blog continua o mesmo, a mudança é basicamente nos recursos e na aparência do site. O que é realmente impressionante no WordPress é a possibilidade de criação. Não há limites para os temas e para as mudanças. Isso é muito interessante e vale todo o trabalho da mudança. Convido a todos para visitar e comentar o novo formato, sugerir mudanças e melhorias, bem como me avisar sobre eventuais problemas e falhas que ainda desconheço. Uma coisa que me ajudará muito é que todos aqueles que linkaram este blog, façam a mudança para o novo endereço. O maior problema da mudança é justamente a perda de todos os links que tinha e isso vai levar um bom tempo para ser corrigido. Por isso agradeço desde já a todos que fizerem a mudança e me ajudarem na divulgação do novo site. A partir de agora, farei novas postagens apenas aqui, mas deixarei o blog antigo ativo por mais um tempo, antes de instalar um mecanismo de redirecionamento automático. Espero que gostem do novo espaço. Finalmente, algumas informações práticas:

1. Apenas reforçando o link principal: www.ensaiosababelados.com.br

2. Mudou o endereço dos feeds. Aqueles que assinavam os feeds desse blog precisarão mudar o endereço da assinatura para http://feeds.feedburner.com/EnsaiosAbabelados

3. Alguns comentários se perderam durante a mudança. Não sei bem o que aconteceu, mas foi algum problema esquisito na importação. Tentarei migrá-los manualmente depois.

É isso. Bem, agradeço as visitas e os comentários de todos que passaram por aqui. E ficarei aguardando novas visitas e novos comentários no novo Ensaios Ababelados.

Atenciosamente

Leandro

Problemas de acesso ao Ensaios Ababelados

4

Este final de semana tive um grande problema com o Blogger. Na manhã de sábado, sem nenhuma explicação ou aviso prévio, meu blog simplesmente desapareceu. Todos os links eram direcionados para uma página de erro e quando acessava o painel de configuração não encontrava nenhum rastro de existência do blog. Depois de algumas horas, as configurações do feeder voltaram ao normal (dava pra ler as postagens através do Google Reader), mas o site continuava fora do ar. Foi apenas no meio da tarde da segunda-feira (dois dias depois do sumiço inicial) que as coisas voltaram ao normal e o site foi reativado. Parece que a plataforma Blogger teve um problema com seu mecanismo antispam e muitos blogs foram desativados por causa disso. A primeira atitude que tomei, agora que a situação está regularizada, foi deixar duas cópias de segurança do blog, assim não preciso me preocupar com a possibilidade de perder tudo de uma hora pra outra. Por sinal, recomendo a todos que mantenham blogs ativos para fazer essas cópias de segurança, não dá pra saber quando o Blogger vai nos brindar com um novo problema. Além disso, começarei os preparativos para a transferência do meu blog para um novo local de hospedagem. Quando tiver mais informações sobre as mudanças, publico por aqui.

Hoje é o aniversário de três anos deste blog. O começo foi um pouco caótico, escrevia sem muita periodicidade e sempre estava na iminência de abandonar o projeto. Não tinha muita clareza do que faria com isto aqui. Pode-se dizer que era bastante fiel ao título do blog, Ensaios de um ababelado. Como já expliquei antesababelado é aquele que não termina nada, sempre cheio de projetos e ideias que nunca levará até o fim, largando tudo pela metade. Cheguei a ficar quatro meses sem escrever absolutamente uma única linha. Recomecei a escrever, ainda sem muita certeza se realmente continuaria, após assistir dois grandes filmes, Vicky Cristina Barcelona e, principalmente, Gomorra. E foi então que encontrei um caminho para o blog. Se antes pensava que o foco era o cinema, o teatro, a literatura, ou qualquer outra coisa, acabei percebendo que o que me interessava mesmo não era exatamente me aprofundar nestas linguagens, me tornando uma espécie de crítico de cinema ou de literatura, mas sim exercitar a escrita e a reflexão, enfim ensaiar novas ideias. E para isso não existe nada melhor do que discutir um filme, um livro, uma peça… Foi a partir dessa perspectiva que comecei a escrever com regularidade, especialmente no último ano, quando venho tentando publicar pelo menos um texto por semana. Em algum sentido, recuperei uma outra ideia que estava presente no título do blog. Os textos que publico aqui são sempre exercícios inacabados, esboços que poderiam eventualmente ser aprofundados, tentativas iniciais de reflexão sobre diversos assuntos, diálogos entre filmes, ideias, livros, etc. Esta proposta abre um imenso leque de possibilidades, posso tratar dos mais diversos assuntos e linguagens, sem me preocupar tanto com a constituição de um discurso especializado ou técnico. É justamente isso o que mais me agrada na escritura do blog, este gesto inacabado e pouco sistematizado. Por isso, para comemorar o aniversário, aproveito para anunciar a mudança no nome do blog: não mais Ensaio de um ababelado – coisa que, por diversos motivos, não faz mais tanto sentido presentemente – paraEnsaios Ababelados. Creio que esse nome expressa com mais eloqüência o espírito dos meus ensaios (sempre provisórios, inacabados, ababelados enfim!) e deste blog. Também aproveito a ocasião para agradecer a todos os visitantes que lêem, comentam e discutem meus textos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...