Hoje é o aniversário de três anos deste blog. O começo foi um pouco caótico, escrevia sem muita periodicidade e sempre estava na iminência de abandonar o projeto. Não tinha muita clareza do que faria com isto aqui. Pode-se dizer que era bastante fiel ao título do blog, Ensaios de um ababelado. Como já expliquei antesababelado é aquele que não termina nada, sempre cheio de projetos e ideias que nunca levará até o fim, largando tudo pela metade. Cheguei a ficar quatro meses sem escrever absolutamente uma única linha. Recomecei a escrever, ainda sem muita certeza se realmente continuaria, após assistir dois grandes filmes, Vicky Cristina Barcelona e, principalmente, Gomorra. E foi então que encontrei um caminho para o blog. Se antes pensava que o foco era o cinema, o teatro, a literatura, ou qualquer outra coisa, acabei percebendo que o que me interessava mesmo não era exatamente me aprofundar nestas linguagens, me tornando uma espécie de crítico de cinema ou de literatura, mas sim exercitar a escrita e a reflexão, enfim ensaiar novas ideias. E para isso não existe nada melhor do que discutir um filme, um livro, uma peça… Foi a partir dessa perspectiva que comecei a escrever com regularidade, especialmente no último ano, quando venho tentando publicar pelo menos um texto por semana. Em algum sentido, recuperei uma outra ideia que estava presente no título do blog. Os textos que publico aqui são sempre exercícios inacabados, esboços que poderiam eventualmente ser aprofundados, tentativas iniciais de reflexão sobre diversos assuntos, diálogos entre filmes, ideias, livros, etc. Esta proposta abre um imenso leque de possibilidades, posso tratar dos mais diversos assuntos e linguagens, sem me preocupar tanto com a constituição de um discurso especializado ou técnico. É justamente isso o que mais me agrada na escritura do blog, este gesto inacabado e pouco sistematizado. Por isso, para comemorar o aniversário, aproveito para anunciar a mudança no nome do blog: não mais Ensaio de um ababelado – coisa que, por diversos motivos, não faz mais tanto sentido presentemente – paraEnsaios Ababelados. Creio que esse nome expressa com mais eloqüência o espírito dos meus ensaios (sempre provisórios, inacabados, ababelados enfim!) e deste blog. Também aproveito a ocasião para agradecer a todos os visitantes que lêem, comentam e discutem meus textos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...