Minha lista de filmes favoritos de 2014

0

Como nos anos anteriores, fiz minha lista de filmes favoritos do ano. O critério é o mesmo de sempre, apenas os filmes que estrearam comercialmente no Brasil durante o ano, segundo a listagem do site Filme B. A lista está organizada em ordem alfabética, sem prioridades entre os filmes. Deixei vários outros de fora, mas acho que esses foram mesmo os que eu mais gostei ao longo do ano. Segue a lista:

 

1. Amantes Eternos [Only lover left alive, 2013], de Jim Jarmusch

Only_Lovers_Left_Alive_poster

2. Bem-vindo a Nova York  [Welcome to New York, 2014], de Abel Ferrara  

welcome-to-new-york-poster

3. O ciúme [La Jalousie, 2013], de Philippe Garrel

21035507_20131114181440783

4. Era uma vez em Nova York [The Immigrant, 2013], de James Gray

21049757_20131015170623847

5. O Grande Hotel Budapeste [The Grand Budapest Hotel, 2014], de Wes Anderson

budapeste

6. Inside Llewin Davis: Balada de um homem comum [Inside Llewin Davis, 2013], de Joel Cohen e Ethan Cohen

inside

7. Jersey Boys [Jersey Boys, 2014], de Clint Eastwood

jerseyboys

8. O lobo atrás da porta [O lobo atrás da porta, 2013], de Fernando Coimbra

o-lobo-atrc3a1s-da-porta

9. Sob a pele [Under the skin, 2013], de Jonathan Glazer

under-the-skin

10. Vidas ao vento [Kaze Tachinu, 2013], de Hayao Miyazaki

Kaze-Tachinu-Vidas-ao-Vento-The-Wind-Rises

Minha lista de filmes favoritos de 2013

0

Faz algum tempo que não escrevo nada por aqui, espero começar a mudar isso nas próximas semanas. E pra retomar as atualizações, começo com a minha lista de filmes favoritos de 2013. O critério é o mesmo dos anos anteriores, apenas os filmes que estrearam comercialmente no Brasil durante o ano, segundo a listagem do site Filme B. Fiz uma listagem prévia com mais de 20 filmes, apenas com as coisas que vi e gostei bastante esse ano. Acho que foi um ano bom pro cinema. Pra respeitar a regra arbitrária da lista, de separar os dez filmes que mais gostei, precisei cortar várias coisas que certamente são tão boas quanto as que selecionei. Mas esse é o destino de toda lista, um recorte arbitrário que tentamos justificar de alguma maneira, mesmo que na maior parte das vezes a justificativa seja ainda mais arbitrária que o próprio recorte. Além dessa exclusão, outro critério da lista é que ela não está organizada em ordem de preferência. Só faria uma ressalva para um dos filmes. Tabu, do Miguel Gomes, é de longe o filme que mais me agrada. É isso, segue a lista:

1. A bela que dorme [Bella addormentata, Itália/França, 2012], de Marco Bellocchio

bela_que_dorme

2. A filha de ninguém [Nugu-ui ttal-do anin Haewon, Coréia do Sul, 2013], de Hong San-soo

filha_ninguem

3. Antes da meia noite [Before Midnight, EUA, 2013], de Richard Linklater

antes_meia_noite

4.  Azul é a cor mais quente [La vie d'Adéle, França, 2013], de Abdellatif Kechiche

azul_a_cor_mais_quente

5. Frances Ha [Estados Unidos, 2012], de Noah Baumbach

frances_ha

6.  O estranho caso de Angélica [Brasil/Portugal/Espanha/França, 2010], de Manoel de Oliveira

estranho_caso_angelica

7. O som ao redor [Brasil, 2013], de Kleber Mendonça Filho

som_ao_redor

8.  Tabu [Brasil/Portugal/Alemanha/França, 2012], de Miguel Gomes

tabu

9.  Tatuagem [Brasil, 2013], de Hilton Lacerda

tatuagem

10. Vocês ainda não viram nada! [Vous n'avez encore rien vu, França/Alemanha, 2012], de Alain Resnais

voces_ainda_nao_viram

Minha lista de melhores filmes de 2012

1

No ano passado, fiz minha primeira lista de melhores filmes do ano. Agora publico a lista desse ano. Em toda lista existe um critério arbitrário para a organização de seus elementos. A arbitrariedade que utilizei aqui é a mesma do ano passado, apenas os filmes que estrearam comercialmente nos cinemas brasileiros (utilizei a lista disponível no site Filme B – http://www.filmeb.com.br/portal/html/calendario12.php#ano=a12, incluíndo os filmes que estrearão nos dois últimos finais de semana do ano). Isso implicou em algumas ausências. Por exemplo, dois filmes sensacionais e que certamente estariam na lista, O Som ao Redor e Tabu, não entraram ainda no circuito e ficaram de fora da seleção, aguardando a lista do ano que vem. Outro critério que utilizei foi a de não classificar os filmes dentro da lista, estão organizados sem nenhuma ordem de preferência. A lista segue abaixo:

1. 13 assassinos, de Takashi Miike

2. L’Apollonide, de Bertrand Bonello

3. Um alguém apaixonado, de Abbas Kiarostami

4. Habemus Papam, de Nanni Moretti

5. Hahaha, de Hong Sang-Soo

6. Heleno, de José Henrique Fonseca

7. Holy Motors, de Leos Carax

8. Moonrise Kingdom, de Wes Anderson

9. No, de Pablo Larraín

10. A separação, de Asghar Farhadi

Minha lista dos melhores filmes de 2011

2

Esta é a minha primeira lista de melhores. Segui uma regra bem simples para selecioná-la: apenas os filmes que passaram pelo circuito comercial brasileiro, o que significa que descartei inúmeros filmes ótimos que assisti em festivais e principalmente na Mostra de Cinema de São Paulo. Além disso, preferi não classificar os filmes, afinal é difícil dizer qual desses é o primeiro ou qual é o segundo. Por isso, ordenei a lista apenas em ordem alfabética. Finalmente, gostaria muito de ter visto o Isto não é um filme, do diretor iraniano Jafar Panahi, tinha grande esperança de incluir este na lista. Infelizmente, perdi o filme no cinema e não pude encontrá-lo em parte alguma. Fora este, não acredito que incluiria nenhum outro filme que não consegui ver. Abaixo segue a lista, inclusive com o link no caso de ter escrito algo sobre o filme.

1. ALÉM DA VIDA, de Clint Eastwood

2. AS CANÇÕES, de Eduardo Coutinho


3. CÓPIA FIEL, de Abbas Kiarostami

4. O GAROTO DA BICICLETA, de Jean-Pierre e Luc Dardenne

5. UM LUGAR QUALQUER, de Sofia Coppola

6. MEIA-NOITE EM PARIS, de Woody Allen

7. MELANCOLIA, de Lars Von Trier

8. A PELE QUE HABITO, de Pedro Almodóvar

9. POESIA, de Lee Chang-Dong

10. TIO BOONME, QUE PODE RECORDAR SUAS VIDAS PASSADAS, de Apichatpong Weerasethakul

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...